quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Minha 5ª consulta de acompanhamento pré-natal...

Barriga de 28 semanas...
´
No mesmo dia em que realizei o ecocardiograma fetal (22/10) tive a minha 5ª consulta de acompanhamento pré-natal. Foi uma consulta bastante tranquila e dessa vez, ao contrário da consulta anterior, não tive que esperar uma "eternidade" para ser atendida.

Os procedimentos adotados foram exatamente os mesmos das consultas anteriores e a médica mais uma vez se colocou a disposição para tirar todas as minhas dúvidas. Diferente da maioria dos médicos ela não tem pressa para encerrar a consulta e costuma olhar nos olhos das suas pacientes e ouvir com atenção o que cada uma tem a dizer. 

Durante a consulta constatou-se que os resultados dos exames solicitados na consulta anterior estavam dentro dos padrões de normalidade, a minha pressão arterial (PA) está controlada (deu 11x8), minha altura uterina cresceu mais 4 cm (mediu 30 cm), a frequência dos batimentos cardíacos de Letícia estão normais (150 bpm) e eu não aumentei nenhum único grama desde a minha última consulta (continuo com os 67.300 kg).

Pela primeira vez eu sair do consultório dela sem a requisição de nenhum exame para realizar, mas já fui informada que na próxima consulta serão solicitados muitos exames.

Na volta para casa parei para almoçar na praça de alimentação de um Shopping e esqueci a pasta com todos exames realizados ao longo da minha gravidez e os cartões de gestante e de vacinação na mesa em que almocei, debaixo de uma bandeja.

Só me dei conta da falta da pasta quando já estava praticamente em casa. Retornei então ao Shopping e felizmente consegui resgatar a pasta a seção de achados e perdidos. Antes porém tive uma crise de chorro, algo muito constante nesse 3º trimestre de gestação.

domingo, 25 de outubro de 2015

Realização de ecocardiograma fetal...


Na quinta feira (22/10) realizei o ecocardiograma fetal solicitado pela obstetra que está acompanhando a minha gestação. 

O exame foi bastante tranquilo. Trata-se de um ultrassom do coração do feto realizada por um médico especialista em cardiologia fetal com a finalidade de "observar especificamente as estruturas do coração e sua funcionalidade, verificando se estão de acordo com o esperado."

Como não consegui agendar o exame através do plano de saúde para o período solicitado pela médica acabei desembolsando R$ 500,00 que serão ressarcidos pelo mesmo em um prazo médio de 20 dias. 

Eu e o pai imaginamos que mesmo sendo um ultrassom específico do coração da nossa princesinha, nós teríamos como bônus a grata satisfação de vermos mais  uma vez a nossa pequena fazendo as suas peripécias dentro da minha barriga. O que não aconteceu. A primeira imagem exibida no monitor do ultrassom já foi do coraçãozinho dela. Isso gerou no pai muitas dúvidas a respeito do que estava vendo e nos rendeu muitas risadas.

Ao vê as quatro câmeras do coração de Letícia serem exibidas no monitor, o pai muito apreensivo, sem saber ao certo o que estava vendo e se aquilo era normal, me questionou se aquilo era a nossa bebezinha. Esse seu questionamento fez com que o silêncio daquela sala fosse instantaneamente quebrado por muitas risadas seguidas pela explicação, da própria médica, de que na realidade era apenas uma parte da nossa bebezinha,  tratava-se das estruturas do coraçãozinho dela.

Felizmente, durante a realização do exame não foram observadas nenhuma anormalidade e constatou-se que ela tem um coração perfeito que funciona de acordo com o esperado. 

A Deus os nossos sinceros agradecimentos por mais essa constatação em relação a nossa princesinha! Não existem palavras que possam descrever a felicidade que estamos vivenciando ao longo desses últimos meses... Letícia é o maior e melhor presente que já recebemos! Ainda dentro da barriga, ela nos tira os sorrisos mais bobos e as lágrimas de felicidades mais sinceras!

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Presentinhos para a princesa Letícia...

A amiga Maria na publicação "Dois chás de fraldas em um único dia para uma única princesinha" sugeriu que, na publicação seguinte, eu publicasse uma foto com os presentes que Letícia ganhou nos mesmos.

Embora tenha me comprometido em fazer o sugerido, passei tanto tempo ausente do blog que me esqueci completamente.

Para corrigi esse meu lapso de memória segue mais de uma foto de todos os presentes que a pequena ganhou.


As fraldas...

Fraldas separadas por tamanhos

Mimos a parte...


Como foram as titias que organizaram tudo o bumbum de Letícia saiu no lucro e o bolso de mamãe agradece. Mas, o melhor presente foi o grande carinho demonstrado pela pequena! Mamãe não tem palavras para agradecer a grandeza desse gesto...

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Finalmente o pai sentiu a nossa pequena se mexendo...

Foto de 23 semanas
Faz um um bom tempo que tenho vontade de vim aqui registrar os últimos acontecimentos, mas minhas últimas semanas foram bastante corridas. "Trabalhei dobrado" nas duas primeiras semanas desse mês de outubro devido a semana da criança, passei tardes inteiras nessas últimas semanas perambulando em lojas físicas atrás de itens específicos para o quartinho da minha princesa, recebi a visita dos sogros nessas últimas duas semanas e viajei nesses dois últimos finais de semanas. Logo, não sobrou tempo algum para atualizar o blog.

Aos poucos, e na medida do possível, vou tentar registrar os acontecimentos, relativos a minha gestação, que não quero que caiam no esquecimento... vou então começar registrando algo que aconteceu no dia seguinte a minha última publicação.

No domingo, dia 04 desse mês, meu marido sentiu Letícia se mexer pela primeira vez. Foi um momento muito especial para ele. Era algo que ele tinha muita vontade de sentir. Ele aguardava ansiosamente por isso desde o dia em que relatei ter sentido os movimentos dela primeira vez.

Ela não se exibiu para ele com grandes acrobacias e nem com os chutes fortes que eu já havia sido capaz de sentir ao alisar a barriga... foram apenas quatro leves chutes, mas foram fortes o suficiente para deixar o papai muito emocionado e com a maior cara de bobo.

Ao longo da semana ela voltou a fazer com o pai o mesmo joguinho que estava acostumada a fazer. Sempre que ele falava com ela ou alisava a minha barriga ela parava de se mexer. Só no outro domingo (dia 11) ele a sentiu se mexendo pela segunda vez. Mas, na ocasião ela estava tendo uma das suas muitas crises de soluços. Até uma das suas tias foi capaz de sentir os seus pulinhos ritmados.

A partir desse dia o pai passou a sentir seus movimentos com muito mais frequência, mas continua fazendo a mesma cara de bobo sempre que sente os movimentos da pequena.

sábado, 3 de outubro de 2015

Dois Chás de fraldas em um único dia para uma única princesinha...


Pela DUM (data da última menstruação), entro oficialmente para o 3º trimestre na segunda feira (05/10) e glorifico ao Senhor por ter chegado até aqui! A barriga está cada vez maior e mais redondinha e a princesa tem se mexido cada vez mais e com muito mais intensidade. Agora já é possível sentir os seus movimentos colocando a mão na barriga, mas o papai ainda não sentiu. Toda vez que ele fala com ela ou coloca a mãos na barriga ela para de se mexer.

Ontem, as colegas do trabalho fizeram um Chá de fraldas surpresas para Lê. Na realidade, foram dois Chás. Um realizado pelas colegas que trabalham no mesmo turno que eu e outro pelas colegas do turno da tarde, com quem tive o prazer de conviver na época em que fui coordenadora da escola.

Foi surpresa em dose dupla e eu voltei para casa com muitos pacotes de fraldas. Mas, o melhor mesmo foi o carinho que as colegas demonstraram pela minha pequena. Elas decoraram a sala de leitura da escola com muito capricho. Havia balões rosas pendurados no teto, um lindo mural, lembrancinhas de diferentes tipos, um lindo bolo de fraldas e um bercinho feito com caixa de papelão onde foram colocados os pacotes de fraldas.

As colegas da tarde  aproveitaram a mesma decoração do turno da manhã e fizeram a reposição do bolo, salgados e lembrancinhas. A estratégia para que eu comparecesse no Chá da tarde foi entrar em contato com meu marido e solicitar que ele me levasse a tarde na escola com a desculpa de ir buscar comigo as fraldas presenteadas pela manhã.

No mais, a gestação segue tranquila e eu dei uma boa adiantada no enxoval da pequena. O quarto que será dela já está com cheirinho de bebê e o seu guarda roupas está cheio de roupinhas com as quais namoro todos os dias.

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Minha 4ª Consulta de acompanhamento pré-natal...


Na sexta feira (18/09) tivemos nossa 4ª consulta de acompanhamento pré-natal. A consulta estava agendada para o horário da manhã (das 9:00 às 10:00 h, por ordem de chegada). Entretanto, devido há alguns partos de emergência, a médica só chegou ao consultório às 16:30 h e eu só fui atendida às 17:20 h.

Embora tenha sido dispensada pela manhã, retornei ao consultório às 12:30 h (horário previsto para iniciar os atendimentos do dia, dado os partos que teriam que ser realizados pela manhã) e tomei um chá de cadeira de quase 5 horas. Só não remarquei a consulta para uma outra data porque só havia disponibilidade para a segunda semana de outubro.

Apesar do chá de cadeira, a consulta em si foi tão boa quanto as anteriores. A médica realizou todos os procedimentos previstos, fez as orientações necessárias e se colocou a disposição para tirar todas as minhas dúvidas. 

Letícia estava super ativa durante a consulta e a médica teve trabalho para escutar seus batimentos cardíacos com o sonar Doppler. Ela mal iniciava a esculta e a menina saia do lugar. Foram no mínimo umas quatro tentativas até a mamãe poder ouvir, por alguns segundinhos a mais , o coraçãozinho acelerado dela e poder finalmente respirar aliviada.

Desde minha última consulta a minha altura uterina aumentou mais 6 cm (pulou para 26 cm) e eu ganhei mais um 1,3 kg (totalizando um ganho de 4,3 kg desde do início da gravidez). A minha PA (pressão arterial) foi a única coisa fora dos padrões da normalidade, estava 14x9 e por precaução a médica prescreveu uma medicação, solicitou uma nova bateria de exames (ácido úrico,bilirrubinas, coagulograma, creatinina, DHL, hemograma, insulina, proteinúria,TGO,TGP, ureia e USHA) e pediu que diariamente eu fosse a um posto de saúde aferir a minha PA pelas próximas semanas, dando um retorno para ela das aferições realizadas ao longo da semana toda sexta feira.

Além da nova bateria de exames ela solicitou uma ecocardiografia fetal para ser realizada aproximadamente com 29 semanas de gestação.

A próxima consulta foi agendada para o dia 22 de outubro. Espero até lá manter a PA sob controle e não ser surpreendida com mais nenhuma anormalidade...

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Setembro de tristes recordações e de muitos agradecimentos...

Barriga de 23 semanas
No dia 09 desse mês fez um ano em que eu sair de um centro cirúrgico de uma maternidade com os meus braços completamente vazios. Aos meus pés, na maca onde eu estava, haviam apenas dois potinhos com fragmentos da bebezinha que acabara de ser aspirada de dentro de mim e nos meus ouvidos ecoavam os chorinhos dos bebezinhos que haviam nascido naquela maternidade naquele mesmo dia.

Eu nunca poderei apagar da minha memória o drama que vivi naquele dia e nem arrancar do meu coração a dor que senti no exato instante em que me dei conta de que jamais teria em meus braços aquela bebezinha, cujo o coração havia parado de bater dentro de mim com aproximadamente 9 semanas de gestação...

Entretanto, enquanto no meu rosto escorriam lágrimas silenciosas e o meu coração se dilacerava por dentro, a minha alma tinha plena convicção de que a minha pequena havia sido acolhida pelos braços do Senhor e que em algum outro dia o meu ventre volataria a gestar uma outra vida, com quem eu poderia viver muitas outras alegrias.

Deus se encarregou de passar o seu bálsamo em meu coração e trazer alívio a minha dor. A medida em que os dias, as semanas e os meses foram se passando eu deixei as doces e lindas recordações, da época em que aquela bebezinha esteve viva em meu ventre, falarem mais alto ao meu coração e aos poucos a dor do aborto retido e da aspiração foi se convertendo em saudades.

Com a graça de Deus o meu ventre voltou a gestar uma outra vez e hoje passado 1 ano daquele triste episódio ele carrega, a aproximadamente 5 meses, uma outra bebezinha. A Deus toda a minha gratidão por ter me dado forças para suportar o insuportável e ter operado em meu ventre o milagre da maternidade mais uma vez!

Que Letícia venha para os meus braços cheia de vida e que possamos viver muitas alegrias juntas aqui na terra antes da nossa família se reunir novamente nos céus com aquele que acolheu em seus braços a minha Sofia...

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Compras para Letícia...


Primeiras compras para Letícia...

Minhas primeiras tentativas de comprar itens que irão compor o enxoval da minha pequena foram um verdadeiro fiasco. Passei muitas horas "peregrinando" por "lojas de bebês", em dois dias diferentes, e nas duas ocasiões voltei para casa com as mãos completamente vazia. Todos os itens pelos quais me apaixonei eram muito caros e os itens com preços mais acessíveis eram de péssima qualidade. 

Na primeira tentativa, atribui o meu fracasso a minha "intolerância" a vendedores me seguindo pelos corredores das lojas o tempo todo... eu não suporto esse tipo de abordagem. Acabo saindo da loja em poucos minutos. 

Já na minha segunda tentativa, com muito esforço, consegui ignorar completamente esse tipo de abordagem e olhar com um pouco mais de atenção roupinhas e acessórios de bebê, mas infelizmente constatei mais uma vez que peças de boa qualidade estão sendo vendidos por um preço bastante acima do que elas verdadeiramente valem.

Depois dessas minhas duas tentativas fracassadas, resolvi dedicar um pouco mais de tempo a busca por esses itens na internet e encontrei muitos dos itens, pelos quais me apaixonei, com preços inferiores (de 10% a 45% abaixo do valor das lojas visitadas). Acabei comprando alguns e fiquei bastante satisfeita com os itens que começaram a chegar. Eles tem a qualidade e aparência exata dos anúncios.

Por enquanto, a minha experiência com as compras online, tem sido muito menos frustrante do que as minhas tentativas de comprar em lojas físicas. A parte chata é a espera pela entrega dos produtos. Mas, o custo benefício compensa bastante. 

No final do mês, farei ainda uma terceira tentativa de compras em lojas físicas, numa cidade aqui perto, e espero ser mais bem sucedida. Uma amiga me deu ótimas referências de algumas lojas dessa cidade. Ela comprou praticamente todo o enxoval do seu neto por lá e ficou bastante satisfeita com a qualidade e o preço dos produtos em relação aos que ela havia pesquisado nas lojas daqui. 

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Visita a Bianca...


Como o planejado, no final de semana passado, conheci a minha sobrinha Bianca. Ela é uma fofurinha só... é bem gordinha comprida e cabeluda, tem o nariz de batatinha, como o do papai, suas orelhas são minúsculas, seus olhinhos são bem apertadinhos e quase não tem sobrancelha e cílios.

Segundo seus pais, o Benjamim está amando a experiência de ser o irmão mais velho. Ele ainda não teve nenhuma crise de ciúmes e pede o tempo todo para colocar a irmãzinha no colo. 

Visitei também os meus outros sobrinhos e me diverti bastante com todos eles. A maioria está bastante empolgado tanto com a priminha Bianca, que acabou de chegar, como com a priminha Letícia, que está a caminho. Kethillen (de 3 anos)  foi a única que demonstrou um pouquinho de ciúmes em relação a priminha Letícia. Quando lhe perguntei se seria amiguinha dela ela disse que não. Já tinha uma amiguinha (a priminha Nathália) e só gostava dela. Além do mais, na madrugada anterior, a priminha Letícia saiu da minha barriga escondido de todo mundo e mordeu ela e Tatá (Nathália).

Eu não sei ao certo se ela sonhou com isso ou se simplesmente imaginou, mas espero que ela supere esse ciúme e acabe se dando tão bem com a priminha Letícia quanto se dar com a priminha Tatá...

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Minha pequena continua se mexendo exclusivamente para mim...


Letícia mexe bastante e seus movimentos estão ficando cada vez mais intensos, mas por enquanto, eu ainda continuo sendo a única pessoa capaz de senti-los. Isso estava me deixando um pouco preocupada porque algumas amigas relatam que, com menos tempo de gravidez que o meu, os papais já sentiam os seus bebezinhos, uma delas inclusive me mostrou um vídeo que gravou com a sua pequena sambando em sua barriga quando ela ainda estava com 20 semanas de gestação.

Essa preocupação foi totalmente dissipada durante uma conversa com um obstetra. Ele falou que, no meu caso em particular, vai demorar mais para que os movimentos da minha princesinha sejam "percebidos" por outras pessoas devido a posição da placenta. Como ela é anterior (está fixada na parte da frente, perto da barriga) acaba amortecendo os movimentos da minha bebezinha.

Essa posição também dificulta a esculta do coraçãozinho da minha pequena em consultório médico com sonar Doppler. Mesmo com um excelente aparelho a minha obstetra leva um tempo maior para começar a ouvir os batimentos cardíacos dela e essa demora costuma me deixar um pouco aflita, o alívio só vem quando o sonar começa a transmitir o som mais lindo do mundo... o tum, tum, tum que tem ditado o ritmo das batidas do meu coração nesses últimos quatro meses.

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

O ultrassom morfológico...


Fiz ontem o ultrassom morfológico e para a glória de Deus constatei mais uma vez que minha princesinha continua se desenvolvendo lindamente. Ela é uma bebezinha muito perfeita e ativa.

Em 5 semanas ela aumentou 339 g e já pesa 503 g de muita gostosura. O seu coraçãozinho continua batendo no mesmo ritmo acelerado de sempre (156 BPM) e ainda assim consegue ser música suave aos meus ouvidos, a mais linda que já ouvi em toda a minha vida... 

Não foi detectada nenhuma anomalia fetal e foi confirmado mais uma vez que de fato estou gestando uma menininha. Dessa vez foi possível vê nitidamente a sua "florzinha" e não apenas um tracinho como no ultrassom anterior.

O pai estava do meu lado e ficou encantado ao vê o quanto a nossa pequena se desenvolveu nas últimas semanas. Não poderíamos ter deixado aquele lugar mais contentes, aliviados e agradecidos a Deus... mau vemos a hora de embalarmos pela primeira vez a nossa princesinha em nossos braços!

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

A promessa está se cumprindo...

Há 21 semanas e dois dias atrás se iniciava mais um dos meus incontáveis ciclos de tentativas de engravidar e em mais algumas semanas eu realizaria a minha 6ª TEC (transferência de embriões congelados). 

O meu histórico não era muito favorável e uma grande parcela, das poucas pessoas do meu convívio, que sabiam da minha história de infertilidade e dos meus tratamentos fracassados, me aconselhavam a aceitar "a vontade de Deus" e parar de insistir de ter um filho através de técnicas de Reprodução Assistida. Elas estavam convictas de que esse não era o caminho pelo qual Deus me daria o filho (a) dos meus sonhos.

Embora estivessem bem intencionadas, elas não faziam a menor ideia de que ficar de braços cruzados vendo o tempo passar e levar consigo toda e qualquer possibilidade de um dia engravidar só me causaria dores ainda maiores do que mais algumas outras tentativas fracassadas de engravidar.

Em resposta ao que essas pessoas estavam me propondo, escrevi a publicação "A promessa vai se cumprir... Eu serei mãe!" expondo os motivos que me levavam a continuar insistindo em fazer uso de técnicas de Reprodução Assistida mesmo após tantas tentativas fracassadas de engravidar através das mesmas.

No mês seguinte a essa publicação Deus me agraciou pela segunda vez com um lindo POSITIVO, logo após a minha 6ª TEC, e desde então "o meu sonho mais lindo" está se desenvolvendo dentro de mim! Minha Letícia é a prova viva de que Deus realiza os sonhos daqueles que perseveram e nele depositam a sua confiança. 

Hoje, as mesmas pessoas que me aconselharam a desistir me parabenizam pela minha perseverança e me consideram um exemplo de fé e persistência. Mas, a grande verdade é que sem Deus ao meu lado eu não teria tido forças para continuar insistindo... foi ele, com seu muito amor, quem sofreu comigo as minhas dores, me amparou em seus braços, caminhou ao meu lado e me encorajou a seguir em frente! A ele todo o meu louvor e a minha eterna gratidão por tudo quanto ele tem feito por mim!

domingo, 23 de agosto de 2015

Nascimento de mais uma sobrinha...


A sobrinha "Naomi" que mencionei em uma postagem anterior, nasceu ontem de manhã e estará retornando para a casa com os pais amanhã a tarde. 

O que não contei aqui no blog é que faltando um pouco mais de três semanas para ela nascer os pais dela tiveram dúvidas em relação ao nome escolhido e decidiram fazer um sorteio entre ele e o primeiro nome que haviam pensado para a bonequinha e adivinhem só o que aconteceu? O nome sorteado foi exatamente o primeiro nome que constava na lista preliminar da mamãe e ficou decidido que a princesinha seria registrada com o nome sorteado. Ao invés de se chamar "Naomi" ela será chamada "Bianca".

Pretendia ir lá conhecê-la ontem mesmo, mas estou gripada mais uma vez, logo a minha primeira visita a  princesinha Bianca terá de ser adiada. 

Ontem mesmo me enviaram algumas fotos dela e pelo menos nas fotos que recebi ela se parece muito com irmãozinho Benjamim quando nasceu, inclusive, tem o mesmo "narizinho de tomate" do papai e da titia Lyanna.

Espero daqui a aproximadamente 19 semanas anunciar aqui também o nascimento da sua priminha Letícia. Espero em Deus que ela venha ao mundo tão saudável e cheia de vida quando a sua priminha Bianca...

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

O Senhor restaurou a minha sorte!

"Quando o SENHOR restaurou a sorte de Sião, ficamos como quem sonha." (Salmos 126:1)

Esse versículo tem tudo a vê comigo e com o capítulo da minha vida que vem sendo registrado aqui no blog... 

Eu nunca duvidei que o meu sonho de ser mãe um dia se tornaria realidade, mas para que hoje eu estivesse vivendo e vendo esse sonho ganhar a forma de uma linda princesinha dentro de mim eu tive que caminhar por seis anos e três meses num imenso deserto de amarguras. 

Felizmente, eu não caminhei sozinha e só por isso eu suportei essa caminhada demasiadamente longa eu uma terra tão seca e árida! Não me lembro exatamente quantas vezes me faltou forças para dar só mais um passo, mas me recordo de ser carregada nos braços todas as vezes em que estive nessa situação.

O mesmo Senhor que restaurou a sorte de Sião foi o mesmo que me carregou em seus braços e restaurou também a minha sorte! A ele toda a minha gratidão por tudo quanto ele tem feito na minha vida!

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Os primeiros presentinhos...


Não comentei, mas os primeiros presentes para Letícia começaram a chegar na semana que voltei do meu recesso escolar, na última semana do mês de julho. Foram as "tias" lá da escola onde trabalho quem deram os primeiros presentinhos a minha princesa.

Elas haviam ficado sabendo que eu estava gestando uma menininha no mesmo dia em que fiz o ultrassom que revelou o sexo dela. Eu mesma publiquei no nosso grupo do whatsApp. Então elas resolveram me dar as boas vindas ao retorno das aulas com mimos para minha princesinha e eu fiquei encantada com cada um deles e já vejo a minha pequena usando todos eles.

Os primeiros presentinhos foram clicados e aparecem na foto acima, mas eles ainda não pararam de chegar... hoje mesmo a Letícia ganhou mais um trio de meias de uma outra tia da escola da mamãe. 

Quanto a mim, só pretendo começar a fazer compras para minha bonequinha depois do ultrassom morfológico (dia 27). Mas, estou terminando de fazer uma lista com todos os itens essenciais que irão compor o seu enxoval, já andei vendo roupinhas e acessórios super fofos para ela e já pensei em todos os detalhes do seu quartinho.

Vou tentar me organizar para preparar com antecedência o cantinho da minha princesa e deixar tudo pronto para a sua chegada o quanto antes. Farei o possível para, pela primeira vez na minha vida, não deixar muita coisa para última hora.

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Ainda sobre o Dia dos Pais...


Sei que o Dia dos Pais é apenas mais uma data comercial e que os presentes anunciados não são tão especiais quanto as propagandas tentam nos fazer acreditar que sejam... pequenas demonstrações de amor no dia a dia marcam muito mais a vida dos nossos pais do que os presentes mais caros e sofisticados que possamos presenteá-los nesse único dia do ano.

Contudo, preciso admitir que cresci homenageando, um ano após o outro, o meu pai também nessa data e ele sempre ficou imensamente feliz com todas as homenagens, mesmo aquelas que não passaram de um simples cartão feito de última hora com sobras de cartolinas de trabalhos escolares. 

Já não resta mais nenhum vestígio dos presentes comprados pela minha mãe, na minha infância, para que eu desse ao meu pai nos muitos "Dia dos Pais" que comemoramos em família, mas um dia desses, em que visitei os meus pais, encontrei uma caixa de sapato bastante velha e surrada com vários cartões e cartinhas que o homenageavam pela passagem do Dia dos Pais (a maioria deles com muitos erros de ortografia e com a minha assinatura). O fato dele guardar essas "relíquias" por tanto tempo demonstram que essas cartinhas e cartões tem um grande valor sentimental para ele.

Quero muito que meu marido e minha filha construam uma relação tão afetuosa quanto a minha e a de meu pai e já que para mim e meu pai o Dia dos Pais sempre foi uma oportunidade de mais uma demonstração desse muito afeto não poderia deixar de homenagear o meu marido no domingo passado em nome de Letícia, a quem ele já ama tanto, mesmo que ela ainda esteja dentro de mim.

Para que essa data não passasse em branco fiz de última hora (um pouco antes dele acordar) uma cartinha em nome dela e criei todo um cenário em torno da mesma para que o papai dela se sentisse homenageado por ela. Quando ele acordou ficou todo bobo e surpreso com o que viu. Mas, o que de fato deixou ele sem palavras foi o conteúdo da cartinha que dizia...


Querido Papai...

...no ano passado minha irmãzinha Sofia, que hoje está com papai do céu, ganhou voz nas palavras escritas por mamãe em um vídeo para homenageá-lo nessa data.

Hoje sou eu quem quer te homenagear, mas como ainda não sei falar ou escrever, também vou fazer uso dos serviços de mamãe para traduzir em palavras o que eu sinto por você.

Nós não nos conhecemos ainda, mas daqui de dentro da barriga de mamãe eu já ouço a tua voz e sinto o enorme amor que sentes por mim em cada uma das tuas palavras e todas as vezes que alisas a barriga de mamãe.

Já te ouço dizer “Letícia você sabe quem tá falando?” e reconheço a tua voz. Gosto muito de ouvir você dizer: “Cadê a alegria do papai?” e mesmo sem compreender uma única palavra do que você está falando eu sinto nessas palavras, especificamente, que sou alguém muito especial para o senhor e que de alguma forma eu te faço muito feliz.

Sei que aí do lado de fora hoje estão comemorando o Dia dos pais e gostaria muito de comemorar com o senhor esse dia, mas ainda sou muito pequenininha e frágil e preciso permanecer na barriga de mamãe por mais alguns meses para finalmente estar pronta para ir aí pro lado de fora te conhecer e me aconchegar em teus braços.

Vou te amar todos os dias da minha vida!


Letícia


quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Minha 3ª consulta do pré-natal


Ainda não entrei no terceiro trimestre, mas o cansaço e a indisposição, que tinha dado uma trégua no início desse 2º trimestre, voltou com força total e por isso estou vindo atualizar o blog com menos frequência que antes. 

Pela DUM (data da última menstruação) completei 19 semanas na segunda feira (10/08) e estou imensamente feliz por ter chegado até aqui. Louvo ao Senhor todos os dias por finalmente estar gestando o milagre que aguardei durante tantos anos...

Realizei a minha 3ª consulta do pré natal na própria segunda feira e graças a Deus tive a grata satisfação de ouvir uma vez mais o coraçãozinho da minha princesinha, dessa vez um pouco mais alto do que na consulta anterior.

Os procedimentos foram exatamente os mesmos da consulta anterior: avaliação dos exames solicitados, aferição da pressão, verificação do peso, medição da altura uterina, esculta dos batimentos cardíacos da minha bebezinha, orientações sobre os cuidados necessários durante a gestação, indicação das medicações que devem ser mantidas, um momento reservado exclusivamente para o esclarecimento das minhas dúvidas e o preenchimento do meu cartão de gestante.

Felizmente os resultados dos meus exames estavam todos dentro dos padrões de normalidade, a minha pressão arterial estava 11x8, a minha altura uterina cresceu mais 5 cm desde a minha última consulta (está em 20 cm) e o coraçãozinho da minha princesa estava batendo a 144 batimentos por minuto. 

Fui orientada a manter todas as medicações que venho tomando, substituir o ácido fólico pelo Ogestan plus, realizar o ultrassom morfológico  entre a semana 21 a 23 e receber a primeira dose da vacina DT assim que entrar no 5º mês.

Eu nem acredito que na próxima semana eu estarei na metade da minha gestação... A Deus toda a minha gratidão por ele estar me concedendo tamanha dádiva!

sábado, 8 de agosto de 2015

Minha princesinha já tem um nome...


Tive alguns problemas com o meu notebook no começo dessa semana e mesmo depois que os problemas foram solucionados eu não tive ânimo de passar por aqui para registrar os últimos acontecimentos...

A nossa princesinha já tem um nome e ele não foi para votação como o planejado... Marido passou a chamá-la de Letícia antes que nossos familiares dessem os seus palpites em relação ao nome dela e eu cedi e aprovei a escolha dele.

O que foi decisivo na escolha do nome foi o fato do marido passar a referi-se a ela sempre como a sua "alegria" ou a sua "felicidade". "Em suas conversas com a minha barriga" frases do tipo  "Cadê a alegria do papai?",  "Minha felicidade sabe quem tá falando?", "Mamãe cuidou bem da minha alegria hoje?" e similares se tornarão constantes e isso me convenceu de que embora o nome Laura seja um nome lindo e doce, o significado do nome Letícia expressa melhor como estamos nos sentindo nesses últimos meses em que nossa princesinha passou a fazer parte das nossas vidas...

"Alegria", "felicidade", "prazer" tem sido constante em nossos dias desde o dia que soubemos que estávamos grávidos mais uma vez e todas a vezes que chamamos a nossa princesinha pelo nome de Letícia trazemos a memória que o Senhor restaurou a nossa sorte e nos devolveu a alegria outrora perdida...

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Eu senti a minha princesinha pela primeira vez...

Um dia antes do meu último ultrassom eu senti pela primeira vez a minha princesinha se mexendo dentro de mim... foram movimentos bem suaves, como o bater de delicadas asas de borboletas, mas eu soube no exato instante em que senti do que se tratava e eu quase me derreti de tanto amor!

De lá para cá eu a sinto esporadicamente se mexer. Algumas vezes da mesma forma, com movimentos suaves de delicadas asas de borboletas querendo alçar voo, outras vezes são tremidinhas um pouco mais intensas e em alguns raros momentos até consigo senti o seu deslocamento, geralmente do lado esquerdo em direção ao centro da minha barriga. 

Fico toda boba ao sentir seus movimentos, e se o pai dela está do meu lado, ele percebe imediatamente o que está acontecendo, pergunta onde é que ela está e a "enche de beijos"! Agora é ele que mal vê a hora de também poder sentir seus movimentos, ainda que de uma maneira diferente...

segunda-feira, 27 de julho de 2015

O nome da princesa irá para votação...


Marido e eu ainda não entramos em um acordo em relação ao nome da princesa... 

Depois do sonho relatado na publicação anterior eu fiz uma lista com nomes de meninas, já que até então só tínhamos discutido sobre nomes de meninos. Marido analisou a minha lista  e aprovou apenas 6 nomes por ordem de preferência (Clarisse, Isabelly, Lídia, Caroline, Yasmim e Letícia). 

Discutimos a respeito de cada um deles e entramos em um acordo em relação a "Clarisse", mas nos dias seguintes em meu coração surgiu o desejo de que se tivesse esperando uma menina ela deveria se chamar "Laura". Falei com o marido sobre esse nome e ele disse que poderíamos pensar nessa possibilidade caso o ultrassom, que faríamos em mais alguns dias, revelasse que estávamos esperando uma menina.

A descoberta de que estávamos esperando uma princesinha fez marido reconsiderar a ordem de preferência dos nomes que ele mesmo havia selecionado em minha lista e "Letícia", último da sua lista de seis, tornou-se seu nome preferido. A justificativa era de que o "Leti" inicial dele tinha a mesma pronuncia do "lete" final de "Salete" (nome da sua mãe).

Como o nome "Laura" não sai dos meus pensamentos e do meu coração, agora estamos em um impasse. Marido quer muito que nossa filha se chame Letícia e eu que ela se chame "Laura". A fim de dirimir esse conflito marido sugeriu que ela fosse registrada como "Laura Letícia", mas eu tenho uma opinião muito forte em relação a isso. Minha filha terá um único nome e um de nós terá que ceder. Como nenhum de nós está disposto a isso vamos colocar os dois nomes em votação entre os nossos familiares e acatar a sugestão da maioria. 

Laura ou Letícia já uma bebezinha muito amada e com a graça de Deus em mais alguns meses estará em nossos braços alegrando ainda mais os nossos dias!

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Mais um ultrassom dessa minha 2ª gravidez...


Realizei ontem pela manhã mais um ultrassom e para a glória de Deus minha gestação continua progredindo maravilhosamente bem!

Assim que a médica colocou o aparelho do ultrassom na minha barriga e as primeiras imagens começaram a aparecer no monitor ela foi logo me perguntando se queria saber o sexo do bebê e prontamente respondi que sim. Sem cerimônia alguma ela foi logo me falando que era uma moça. Eu só não fiquei mais surpresa porque algumas semanas antes eu havia sonhado com isso...

No meu sonho eu estava realizando um ultrassom e a médica me dizia que não havia dúvidas de que eu estava esperando uma menininha e que eu já podia começar a fazer o enxoval cheio de laços e babados.

Não dei muito crédito ao sonho e por isso não registrei aqui no blog. Até então a maioria dos palpites era de que estava esperando um menininho e eu até já havia elaborado o projeto do quarto dele mesmo que no íntimo do meu coração pouco importasse se estava esperando um príncipe ou uma princesa...

O que mais me deixou feliz nesse ultrassom foi vê que minha princesa está se desenvolvendo super bem. Ela é uma bebezinha muito ativa e agora que suas perninhas estão mais  proporcionais ao seu corpo parece que seu novo passatempo é brincar com elas. Durante todo o ultrassom ela elevava ambas as pernas até a altura do rostinho enquanto chupava o dedinho (uma fofura de vê) e mais uma vez a médica sentiu um pouco de dificuldades de fazer as medidas necessárias de tanto que ela se mexia... 

Graças a Deus, tudo está dentro dos padrões da normalidade e segundo a médica ela é uma "bebê nota 10"! 

Eu não poderia de maneira alguma estar mais  feliz e realizada... A Deus todo o meu louvor e gratidão por estar vivendo tamanha felicidade!

Minha princesinha...

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Felicidade restaurada...


"...continuar vivendo até me sentir viva novamente."

Ouvi essa frase a algumas semanas atrás e ela me soou bastante familiar. Me trouxe a lembrança que um dia, não muito distante, vivi agarrada a esperança de um dia me sentir viva uma outra vez...

Quem acompanhou a minha história de infertilidade deve se lembrar da alegria que sentir ao ficar grávida pela primeira vez e da dor de sair de uma maternidade com fragmentos daquele bebezinho que gestei por tão pouco tempo e a quem já amava tanto...


Foi a experiência mais dolorosa da minha vida e levou algum tempo até que eu recuperasse totalmente a alegria de viver. Se não fosse o Senhor ao meu lado, cuidando da minha dor, eu teria mergulhado de corpo inteiro em uma profunda depressão e provavelmente não teria encontrado forças nem mesmo para continuar vivendo...

Mas, hoje passado 10 meses daquele triste episódio eu não poderia estar mais viva e feliz... Uma parte de mim se foi com a minha Sofia e sempre vou lamentar não termos vivido tudo o que eu sonhei viver com ela. Mas, tem uma outro bebezinho dentro de mim a quem amo com o mesmo amor e com o qual viverei muitas outras alegrias e por e para ele eu darei sempre o melhor de mim!

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Notícias...


Não costumo me ausentar por tanto tempo assim do blog, mas aproveitei a minha primeira semana de recesso escolar para viajar. Passei os três primeiros dias em um Hotel Fazenda próximo à praia dos Carneiros, aqui em Pernambuco, e os demais na casa dos meus pais em Campina Grande/PB e durante esses dias me "desconectei" um pouco da internet.

Senti saudades de vir aqui dar notícias e de lê as notícias dos blogs das amigas, mas precisei dedicar mais tempo ao marido e a família esses dias e não me sobrou tempo algum para o blog.

Pela DUM (Dia da Última Menstruação), completo hoje 16 semanas de gestação e glorifico ao Senhor por ter chegado até aqui! Essa gravidez está sendo maravilhosa! Eu não me incomodaria nem um pouco de ter passado por todos os incômodos que uma gravidez costuma provocar no primeiro trimestre, mas o fato é que tive apenas três grandes mal estar e nenhum enjoo sequer. 

Tive um único susto até o presente momento, o pequeno sangramento que relatei, mas graças a Deus não tive mais nenhum episódio semelhante. A gestação está progredindo normalmente e eu mal vejo a hora de começar a sentir meu bebezinho se mexendo dentro de mim...

Tinha um ultrassom agendado para a sexta feira passada (17/07), mas como estava viajando, remarquei para essa essa próxima quinta feira (23/07). Marido está mais ansioso do que eu para esse próximo ultrassom.  Por ele teríamos feito um particular lá mesmo em Campina Grande. Foi uma luta convencê-lo de que não tinha necessidade.

Espero daqui pra frente continuar postando no blog com a mesma frequência de sempre... 

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Mais um sobrinho (a) a Caminho...

Na terça feira uma das minhas cunhadas (irmã de marido) publicou no grupo do whatsApp da família "... mais um bebê a bordo para completar! Rsrsrsrsrsrsrsrs..." A notícia deixou toda a família muito contente!  No ano de 2016 terão no mínimo dois bebês fofos para serem paparicados nas reuniões familiares na casa dos vovôs!

A Bia (sobrinha de 5 aninhos) quando soube da notícia confessou para a vovó que espera que os próximos bebezinhos (o meu e o dessa tia) sejam menininhas, para empatar com a quantidade de priminhos, já que por enquanto, na família, só tem ela e Déborah de priminhas "versus" quatro priminhos (João Vitor, Davi, Lucas e Levi). 

Essa notícia nos deixou bastante animados! O nosso bebê terá no mínimo dois priminhos praticamente da mesma idade para brincar (A Naomi, que nasce o mês que vem e esse que deverá nascer uns dois meses depois do nosso). Tanto eu como marido tivemos o privilégio de vivermos a maravilhosa experiência de crescermos com primos com idades bem próximas das nossas e ficamos imensamente felizes que o nosso bebê viva essa mesma experiência...

A essa minha cunhada eu desejo uma gestação extremamente abençoada e desde já amo muito esse bebezinho que está a caminho... que ele venha ao mundo com muita saúde!

terça-feira, 7 de julho de 2015

Minha segunda consulta com obstetra...


Ontem realizei a minha segunda consulta de acompanhamento pré-natal e para a glória de Deus minha gestação continua progredindo super bem.

A médica analisou todos os exames que ela havia solicitado, me pesou, aferiu a minha PA (pressão arterial), mediu a minha altura uterina, escutou o coraçãozinho do meu bebê, me orientou a respeito das medicações que devo manter até a próxima consulta, me deu algumas orientações, se colocou a disposição para tirar todas as minhas dúvidas e solicitou mais alguns exames.

Todos os meus meus exames estavam dentro do padrão de normalidade. Eu engordei 500g desde a primeira consulta (01/06) até essa (06/07)  e agora estou exatamente com o mesmo peso que estava quando engravidei. A minha PA estava 12/8, minha altura uterina mediu 15 cm e o coraçãozinho do meu bebê continua batendo no mesmo ritmo acelerado de sempre, mas como ele ainda é muito pequenininho o som emitido pelo aparelho da médica ainda é bem baixinho. 

Imaginei que como tudo estava bem, eu só faria o próximo ultrassom com 20 semanas (o morfológico do 2º trimestre), mas ela faz questão de acompanhar a minha gravidez um pouco mais de perto e acha fundamental que eu faça mais um ultrassom já na próxima semana. O bom é que poderei vê o meu bebê mais uma vez e tornar a escutar o seu coraçãozinho (o som mais lindo do mundo). É sempre muito emocionante vê-lo e escutar seu coraçãozinho ditando as batidas do meu...

Espero em Deus que essa gestação continue evoluindo tão bem e que em janeiro eu embale em meus braços esse bebezinho que estou gestando e a quem já amo tanto...


sábado, 4 de julho de 2015

Vou ser titia de mais uma princesinha...


No comecinho do mês de janeiro eu dei a notícia aqui no blog que seria titia mais uma vez. Os papais do Benjamim (meu irmão e sua esposa) tinha acabado de notificar a família que estavam embarcando na aventura da maternidade pela segunda vez e que dentro de mais alguns meses a família iria aumentar e o "Ben" teria que dividir o seu quarto com o irmãozinho (a) que estava a caminho...

Alguns meses se passaram de lá até aqui e tantas coisas aconteceram nesse ínterim de tempo que não toquei mais nesse assunto. Nem mesmo mencionei que na realidade quem está a caminho é a princesinha Naomi.

A princípio o Benjamim ficou muito desapontado. Ele queria muito um irmãozinho, porque para ele as meninas são umas chatas que não sabem brincar de nada divertido. Mas, agora ele já está mais conformado com a ideia de ter uma irmãzinha. 

A Naomi vai estrear a sua vida do lado de fora da barriga da sua mamãe nesse próximo mês e a titia babona aqui, mal vê a hora de ver o seu rostinho lindo pela primeira vez... 

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Um acontecimento inesperado...


Vinha diminuindo gradativamente a medicação desde o meu 3º ultrassom. Me livrei de uma delas, o duphaston, no dia seguinte ao meu 3º ultrassom, duas semanas depois me livrei de uma outra, o primogyna e nessa sexta feira passei a usar apenas uma cápsula por dia de utrogestan via vaginal. Até o sábado a noite tudo transcorria bem e o desmame das medicações estava se dando de uma forma bastante tranquila. No entanto, ontem pela manhã fui surpreendida por um discreto sangramento, similar ao que me ocorreu no 8º dia após a minha TEC (transferência de embriões congelados).

Meu coração gelou na hora. Mas, consegui manter a calma e tentei me convencer de que meu bebê estava bem e de que aquele sangramento provavelmente estava acontecendo por causa da diminuição do uso de utrogestan diário. Mesmo assim, após tomar café da manhã, fui até um hospital, que tem pronto atendimento obstétrico, para me certificar de que realmente não havia risco de um aborto.

Para a glória Deus o sangramento não estava ativo, o colo do meu útero permanecia fechado e no ultrassom, feito de emergência, foi descartado descolamento de placenta ou qualquer uma outra coisa que pudesse ter provocado o sangramento. De bônus eu ainda pude vê mais uma vez o meu bebezinho super ativo em meu ventre e ouvir mais uma vez o seu coraçãozinho batendo no mesmo ritmo acelerado de sempre! 

Mesmo sem apresentar nenhum sintomas clássico a médica suspeitou que o sangramento estivesse relacionado a uma infecção urinária. Mas, isso também foi descartado após o resultado de um exame de urina de emergência. Então ela concluiu que o sangramento deve ter se dado realmente pela diminuição do utrogestan, como eu já havia suspeitado desde o início. A recomendação foi voltar a usar duas cápsulas ao dia por mais uma semana e fazer repouso nesses próximos 7 dias.

Ontem mesmo o sangramento cessou completamente e agora eu estou muito mais aliviada. Espero em Deus não passar por mais nenhuma situação semelhante até o momento do bebê vir a esse mundo...

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Meu 4º ultrassom dessa minha 2ª gravidez ...


Realizei ontem a tarde o meu quarto ultrassom. O tempo de gestação bateu direitinho com os dois últimos ultrassons realizados. De acordo com o mesmo completei ontem 13 semanas. Louvado seja o Senhor por isso! O risco de um aborto caiu consideravelmente.

Confesso que senti um friozinho na barriga durante todo o tempo em que estive na sala de espera aguardando a realização do mesmo. As lembranças do ultrassom que constatou a morte da minha Sofia, ainda no meu ventre, pairaram sobre mim durante todo o tempo de espera. Eu só consegui respirar aliviada depois que vi o meu bebezinho todo serelepe no monitor do ultrassom.

Ele está com quase 7 cm de muita gostosura e não tem nenhuma anormalidade! Graças a Deus ele continua se desenvolvendo maravilhosamente bem e segundo a médica que realizou o ultrassom é um bebê muito saudável!

O papai ficou todo bobo ao vê-lo brincando com suas mãozinhas e fazendo muitas peripécias dentro da sua "bolha"! Esticar todo o seu corpinho para trás para impulsioná-lo até a parte superior do saco gestacional, parece que é o seu passatempo favorito. É a coisa mais linda de se vê... mas, por causa disso a médica teve muita dificuldade de realizar as medidas necessárias. O bom é que eu e o papai podemos vê-lo por um tempo maior do que o habitual.

A medida da TN (Translucência Nucal) está dentro dos padrões da normalidade e o risco dele ter trissomia do cromossomo 21 é praticamente nulo.

A alegria de ter chegado a última semana de gestação do 1º trimestre foi tão grande que não resisti e anunciei ontem mesmo na minha página pessoal do Facebook que estou grávida. 

Só espero em Deus que minha gestação continue se desenvolvendo bem e que em janeiro de 2016 eu possa embalar em meus braços esse bebezinho que estou gestando...

Ps: Ainda não tivemos nenhum palpite sobre o sexo do bebê e preferimos assim... ficamos tão felizes em saber que ele (bebê) está bem que até esquecemos de pedir a médica para tentar visualizar as partes íntimas dele.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...